Departamento de Zootecnia e Desenvolvimento Rural
  • Processo Seletivo Simplificado – Sociologia Rural e Extensão Rural

    Publicado em 21/09/2020 às 21:31

    Campo de conhecimento: Sociologia Rural e Extensão Rural.

    Processo: 23080.034581/2020-98.

    Clique aqui para mais informações.


  • Planos de Ensino 2020/1 – Atividades pedagógicas não presenciais

    Publicado em 09/09/2020 às 16:19

    Atendendo ao exposto na Resolução Normativa 140/2020/CUn, disponibilizamos os Planos de Ensino das disciplinas ofertadas no Calendário Suplementar Excepcional do semestre 2020-1 aos cursos de graduação.

    Você confere a lista aqui.

     


  • Diretrizes para a retomada das Atividades Pedagógicas Não Presenciais.

    Publicado em 04/09/2020 às 13:32

    O Departamento de Zootecnia e Desenvolvimento Rural, através de comissão designada, estabeleceu as diretrizes para a retomada das Atividades Pedagógicas Não Presenciais.  A comissão composta pela Prof.ª Shirley Kuhnen como presidente, Prof.ª Milene Puntel Osmari,  Prof.ª Marília Carla de Mello Gaia, STAE Aline Chiarelli Cristofolini e os representantes discentes Laís Cintra Magnavita e Matheus Andrew Senna, teve como objetivo garantir um padrão de qualidade do departamento nas atividades de ensino remoto.

    Você pode conferir o documento aqui.


  • Disciplinas isoladas – Calendário Acadêmico Suplementar Excepcional.

    Publicado em 31/08/2020 às 10:45

    Conforme o Calendário Acadêmico Suplementar Excepcional aprovado em 18 de agosto de 2020, informamos que as solicitações de disciplina isolada/aluno ouvinte estarão disponíveis nos dias 15 e 16 de setembro, através do site: http://www.disciplinaisolada.ufsc.br/


  • Resultado da seleção para bolsas monitoria – 2020/1 – Calendário Suplementar

    Publicado em 22/08/2020 às 17:42

    RESULTADO MONITORIAS 2020/1 – CALENDÁRIO SUPLEMENTAR

    • DISCIPLINA DE BIOESTATÍSTICA.
      • Resultado:
        • 1) Julia Vargas Marques
        • 2) Liandra Canto Collares
        • 3) Caio Filippin Lopes

  • Nota de Pesar: falece Luiz Carlos Pinheiro Machado, o Pinheirão, professor aposentado do CCA.

    Publicado em 03/07/2020 às 12:47

    A Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) comunica, com pesar, o falecimento do professor aposentado Luiz Carlos Pinheiro Machado, o Pinheirão, na última quinta-feira, 2 de julho, dia em que completaria seus 92 anos. Professor adjunto do Centro de Ciências Agrárias, Pinheirão foi criador e professor da primeira disciplina de Etologia na América Latina.

    Doutor em Agronomia pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), Luiz Carlos era professor catedrático aposentado de Zootecnia Especial da mesma instituição, professor titular aposentado de Produção Animal da UFSC, professor titular da Universidade Católica Argentina, professor convidado da Universidade de Buenos Aires e professor participante do curso de Agroecossistemas da UFSC.

    Foi assessor superior do Programa de Melhoramento da Ovinocultura da Patagônia Chilena e em projetos de desenvolvimento agrícola no Brasil, Argentina, Venezuela, Colômbia e Paraguai. Em seu currículo consta ainda a presidência da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), na década de 1980. Também exerceu três mandatos como presidente da Associação Brasileira de Criadores de Suínos. 

    Ao todo, realizou 223 projetos de desenvolvimentos sustentável de produção animal, abrangendo mais de 100 mil hectares no Brasil, Chile, Argentina, Uruguai, Colômbia, Paraguai, Venezuela e Cuba. Foi ainda consultor internacional em agropecuária sustentável e participou da formação de profissionais para a produção agrícola limpa. Foi também o principal divulgador do Pastoreio Racional Voisin (PRV), tecnologia de alta produtividade de bovinos em pasto, difundida atualmente no Brasil e no exterior, garantindo melhor economicidade à agricultura familiar.

    Em 2015, Pinheirão foi homenageado com a Medalha do Mérito do Sistema Confea/Crea e Mútua, e em 2013, com a Comenda do Legislativo Catarinense, entregue pela Assembleia Legislativa de Santa Catarina (Alesc). Em sua carreira, precisou lidar com a repressão dos tempos de ditadura, quando lecionava na UFRGS, e, em Santa Catarina atuou junto à Epagri (antiga Acaresc) para treinar técnicos sobre suinocultura, gado leiteiro e nutrição animal. Nos anos 60 publicou o livro Os Suínos que teve grande influência no setor agropecuário.

    Segundo o professor Antônio Rosa, Pinheirão deixa um “legado de lutas contra as injustiças relacionadas às atividades agrícolas e às pessoas em geral”. “Sem dúvida será seguido por todos aqueles que têm nele, um referencial de dignidade”, lamentou.

    Seu filho, Luiz Carlos Pinheiro Machado Filho, conhecido como Pinheirinho, também é professor da UFSC, no CCA, e atua na mesma área de pesquisa do pai, coordenando o Laboratório de Etologia Aplicada e Bem-Estar Animal (Leta).

    O sepultamento do professor ocorreu na manhã desta sexta-feira, no hospital Santa Casa, em Porto Alegre. A família pretende realizar uma cerimônia de despedida virtual no domingo, 5 de julho, às 11h. A comunidade universitária, enlutada, solidariza-se com a família e amigos de Luiz Carlos Pinheiro Machado.

    Fonte: Site UFSC


  • Importante: atendimento no período da quarentena.

    Publicado em 25/03/2020 às 16:44

    Informamos que o atendimento da secretaria do Departamento de Zootecnia e Desenvolvimento Rural durante o período de quarentena está sendo realizado em ambiente virtual, via e-mail zdr@contato.ufsc.br.

    RESULTADO DAS SOLICITAÇÕES DE MATRÍCULA ESPECIAL: tão logo retornemos às atividades normais, os últimos pedidos serão analisados e os resultados serão postados aqui na página.


  • Resultado dos pedidos de matrícula especial (disciplina isolada / aluno ouvinte) 2019/2

    Publicado em 19/08/2019 às 16:29

    Link de acesso ao resultado dos pedidos de matrícula especial (disciplina isolada / aluno ouvinte) 2019/2:  http://dzdr.cca.ufsc.br/3147-2/ 


  • Concurso Público para professor – Edital n° 020/2019/DDP

    Publicado em 02/08/2019 às 17:25

    Para acompanhamento da divulgação do Resultado da Prova Escrita e do Cronograma Ajustado do Concurso Público para provimento de cargo de Professor da Carreira do Magistério Superior do Departamento de Zootecnia e Desenvolvimento Rural, objeto do  Edital nº 020/2019/DDP, para a o Campo de Conhecimento: Zootecnia/Genética e Melhoramento dos Animais Domésticos, Processo:23080.015029/2019-67, clique AQUI.


  • Especialização em Agroecossistemas no Centro de Ciências Agrárias

    Publicado em 29/05/2019 às 14:43

    Especialização em Agroecossistemas inicia na UFSC em parceria com Incra

    (fonte: Assessoria de Comunicação Social do Incra/SC)

    A agroecologia e a reforma agrária voltaram ao centro do debate acadêmico na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) nesta segunda-feira (27), durante o evento de abertura da Especialização em Agroecossistemas desenvolvida pelo Centro de Ciências Agrárias (CCA) em parceria com o Programa Nacional de Educação na Reforma Agrária (Pronera), do Incra.

    Esta é segunda edição da especialização no CCA, que também já formou 4 turmas de mestrado voltadas à formação profissional nos assentamentos. “É fundamental essa parceria de longa data com a UFSC, que tem dado resultados profícuos na transformação de vidas no campo”, comemorou o chefe da Divisão de Desenvolvimento do Incra/SC, Daniel Tadao Yamamoto.

    As coordenadoras do curso, Profª Drª Marlene Grade e Profª Drª Valeska Nahas Guimarães deram as boas-vindas aos 40 educandos vindos de 13 estados brasileiros para início da primeira etapa do curso, que terá 15 dias de duração. Também presentes no evento, o diretor do CCA, Prof. Dr. Walter Seiffert e o chefe do Departamento de Zootecnia e Desenvolvimento Rural, Prof. Dr. Ricardo Kazama, disponibilizaram toda a estrutura e corpo docente do centro para que os alunos aproveitem ao máximo os dois anos da especialização.

    Para Marília Gaia, coordenadora do Laboratório de Educação do Campo e Estudos da Reforma Agrária (LECERA), “o momento é fruto de uma bonita história da pós-graduação dentro de um centro de excelência que muito tem contribuído para a formação dos sujeitos da reforma agrária”. Representando os movimentos sociais, Daniel Sanchez Pereira também comemorou o curso e sua temática. “Quero destacar a relevância de se fazer pesquisa dentro da agroecologia, resgatando os saberes da população do campo”, disse.

    Agroecologia e soberania alimentar

    Após a mesa de abertura, o público acompanhou palestra do Prof. Dr. Leonardo Melgarejo, membro da Associação Brasileira de Saúde Coletiva (Abrasco) e da Associação Brasileira de Agroecologia (ABA-Agroecologia). Ele destacou a importância da biodiversidade para a manutenção da vida em contraposição ao uso disseminado de agrotóxicos no Brasil, que tem contribuído para a queda da fertilidade do solo, causado intoxicações e doenças, contaminado a água e gerado dependência do produtor para aquisição de sementes e defensivos de poucas empresas que detêm o monopólio mundial.

    A natureza tem sua resiliência associada à diversidade e estamos perdendo isso para poucas espécies. (…) Não existe domínio de espécies campeãs, somente quando usamos armas químicas e biológicas, numa guerra de humanos contra a natureza… E não há futuro nessa guerra”, destacou. Para Melgarejo, é preciso “produzir ciência para o bem da humanidade” e isso significa romper com mitos e difundir a ideia de que todos os organismos vivos são constituídos pela mesma base genética, ou seja, se a natureza padece, não há vida possível também para o ser humano.

    Acesso em: http://www.incra.gov.br/noticias/especializacao-em-agroecossistemas-inicia-na-ufsc-em-parceria-com-incra

    Foto: Assessoria de Comunicação Social do Incra/SC

    Foto: Aline Cardozo Pereira – Secretaria do CCA

    Foto: Aline Cardozo Pereira – Secretaria do CCA

    Foto: Aline Cardozo Pereira – Secretaria do CCA

    Foto: Aline Cardozo Pereira – Secretaria do CCA